segunda-feira, 2 de julho de 2012

OPOSIÇÃO SE UNE EM BURITICUPU EM NOME DA LIBERDADE



A aliança da oposição de Buriticupu foi fechada em torno dos nomes de José Gomes e João Benedito acreditando que a união faz a diferença, os partidos de oposição estão marchando juntos e já é possível determinar a unidade do grupo. Os pré-candidatos de oposição optaram pelo fato de que juntos somos mais fortes. E essa soma de forças é que vai fazer a diferenças nas urnas. Dias atrás era impossível de ver este fato, pois outros candidatos estavam portando do mesmo objetivo, depois de varias reuniões com vários partidos e lideranças políticas da região e se atendo dos fatos chocantes que atendem esta política, foi acertado uma unidade no grupo “Para aqueles que achavam que teriam uma campanha fácil por conta da divisão da oposição agora amarga uma união com propósito de acabar com as imoralidades em Buriticupu, estavam presentes à Convenção da oposição alem de milhares de pessoas e as lideranças municipais os  Deputados Federais Daví Alves Silva Junior e Chiquinho Escórcio, e os Deputados Estaduais Antonio Pereira e Antonio de Pádua. Os partidos que formam a coligação serão PMDB, PCdoB, PSD, DEM, PR, PSB, PTB, PP,e PRTB e PSDC,  Este é um momento histórico para o município de Buriticupu, pois pela primeira vez os partidos de oposição se unem formando uma grande coligação, que certamente alcançará a vitória nas próximas eleições. José Gomes que encabeça a chapa Majoritária falou que este grupo visiona para Buriticupu um projeto de reconstrução e de construção visando o beneficio de toda população, e quer fazer para esta cidade, um governo democrático participativo, marcado pela dignidade, pela honestidade, pelo trabalho e pelo cuidado com a coisa pública, destacar ainda que o povo deve ter liberdade de escolha para isso precisam se sentir livres.













domingo, 17 de junho de 2012

BURITICUPU - MPMA requer a disponibilização das contas públicas do ano de 2011

 Por não ter disponibilizado para consulta pública a prestação de contas do exercício financeiro de 2011, a Promotoria de Justiça da Comarca de Buriticupu ajuizou, em 4 de junho, Ação Civil Pública contra o prefeito Antonio Marcos de Oliveira, conhecido como “Primo”. Propôs a manifestação ministerial o promotor de Justiça Gustavo de Oliveira Bueno.
Como medida liminar, o Ministério Público do Maranhão requer a disponibilização completa das contas relativas a 2011, no prazo de cinco dias. Foi pedido também que a apresentação deve ser amplamente divulgada à população. Em caso de descumprimento, estão previstos multa diária e o afastamento de Antonio Marcos do cargo de prefeito.
Se o prefeito não apresentar as contas, como alternativa, a Promotoria solicitou que a Justiça determine a busca e apreensão da referida prestação de contas.
A atual presidente da Câmara de Vereadores de Buriticupu, Maria José Silva e Silva, informou ao MPMA que, até a data de 3 de maio de 2012, o prefeito estava inadimplente com a obrigação legal, contrariando determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Por sua vez,  em 29 de maio, Antonio Marcos de Oliveira declarou que já tinha encaminhado ao Legislativo Municipal as referidas contas, mas a Promotoria apurou que a prestação estava bastante incompleta, tratando-se apenas de um resumo, ofendendo o princípio da transparência e da legalidade. 
A prestação de contas completa dever incluir balanço geral, balancetes mensais, relatórios, notas de empenho, notas fiscais, recibos, ordens de pagamento e de serviço, contratos etc.
O município de Buriticupu fica localizado a 404km de São Luís.
Redação: Eduardo Júlio (CCOM - MPMA)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

BURITICUPU – MP oferece Denúncia contra cinco suspeitos de assassinato


A Promotoria de Justiça da Comarca de Buriticupu ofereceu Denúncia, em 6 de junho, contra José Ferreira dos Santos, conhecido como Zé Peres, Manoel da Silva Oliveira, comumente chamado de “Manelão”, Francisco Teixeira de Oliveira Filho, Diego da Silva Lima, vulgo “Pitbull” e Roso Mario Marques Vieira. Todos estão envolvidos no assassinato de  Raimundo Alves Borges, conhecido pelo apelido de “Cabeça”, presidente da Associação União Vila Casa Azul. A manifestação foi assinada pelo promotor de Justiça Gustavo de Oliveira Bueno.

Além da condenação dos citados, o Ministério Público requer a prisão preventiva de Roso Mario Marques Vieira.

Consta na Denúncia que, na tarde do dia 14 de abril de 2012, os acusados mataram Raimundo Alves Borges. O crime foi cometido na Vila Casa Azul, periferia do município de Buriticupu (a 404km de São Luís).

José Ferreira dos Santos criara inimizade com Raimundo Borges de Oliveira, por este ter excluído a sua filha Maria Claudete Santos Teles da entidade dois meses antes. Há, ainda, ações judiciais envolvendo Maria Claudete e Raimundo Borges.

Para a execução do crime, José Ferreira dos Santos contratou por R$ 5 mil Francisco Teixeira de Oliveira Filho. Por sua vez, Francisco foi auxiliado por Diego da Silva Lima e Manoel da Silva Oliveira. Eles executaram a vítima com vários tiros, depois de terem armado uma emboscada numa estrada vicinal.

Redação: Eduardo Júlio (CCOM - MPMA)

sábado, 9 de junho de 2012

Imprudência: Choque entre classic e moto mata grávida de três meses e deixa homem gravemente ferido

 
Buriticupu  Uma batida frontal, ocorrida as 04h20min. da madrugada deste sábado 09 de junho, na Av. João Castelo, centro de Buriticupu, envolvendo um corsa classic de cor preta, de placa: NNH-7972 de Santa Inês e uma moto Honda 150 vermelha, de placa: NWX-1389 de Buriticupu, culminou na mortede uma mulher identificada como: Maria Alice dos Santos Leres (32), mãe de 02 filhos e "grávida de 03 meses".

Alice voltava de uma festa com o marido, identificado como: Jailson Carlos Cordeiro da Silva, conhecido como “baixinho”. Ambos estavam em uma motocicleta. 

Segundo policiais que estão acompanhando o caso, o casal trafegava normalmente quando foram surpreendidos com o carro que trafegava na contra mão de direção. O choque foi inevitável.

Segundo informações, o veículo era Conduzido pelo um homem identificado apenas como “Jessé” que se evadiu do local sem prestar socorro as vítimas.

Até o fechamento dessa matéria, o mesmo ainda não havia se apresentado a polícia, ele pode ser indiciado por homicídio culposo, (quando não há intenção de matar).

O choque - Segundo testemunhas oculares, no momento da batida, Alice que estava sem o equipamento de segurança (capacete), foi projetada por cima do veículo. Ela teria quebrado o pescoço, o que teria causado a morte instantânea.

Por Antônio Marcos

Com informações da policia civil de Buriticupu

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Política: Presidente estadual do PRB diz que partido terá candidato a prefeito em Buriticupu

Segundo o deputado federal Cleber Verde, Dr. André Vasconcelos (PRB) representa a ESPERANÇA para Buriticupu!
 
Buriticupu  Em reunião realizada em São Luís no último dia 31 de maio, o deputado federal e presidente estadual do PRB (partido republicano brasileiro) Cleber Verde Cordeiro Mendes (PRB), o“Cleber Verde”, em um discurso entusiasmadíssimo declarou que o partido fará pelo menos 40 prefeitos e 200 vereadores no maranhão na próxima eleição.
Na oportunidade, o deputado falou de centenas de benefícios que consegui para capital e cidades do interior do maranhão, e que entre esses estão 15 retroescavadeiras hidráulicas, utilizadas para escavação de tanques para criação de peixes, que beneficiará centenas de famílias.

Segundo o deputado, a pedido do advogado, pré-candidato a prefeito e presidente do diretório municipal do PRB, Dr. André Vasconcelos, uma das maquinas seria para  Buriticupu, o que segundo ele não foi possível porque no período em que seria aprovado o projeto, o município se encontrava inadimplente junto ao governo federal.  

Disse ainda que nas eleições desse ano o partido tem candidato a prefeito emBuriticupu e que o nome mais cotado é do advogado Dr. André Vasconcelos, que tem uma larga experiência administrativa e serviço prestado no município. 

Recentemente teve em São Luís prestigiando a posse do amigo advogado Dr. Franklin Davison, o mais novo secretário estadual de pesca e aquicultura do maranhão,  na oportunidade teve uma conversa bastante proveitosa com o chefe da casa civil do maranhão Dr. Luis Fernando, que se colocou a disposição.
 
Pesquisa de opinião pública O resultado de uma pesquisa de opinião pública realizada recentemente no município de Buriticupu, a qual não foi registrada, revela dados importantes.

Segundo a mesma, 70% do eleitorado quer viver uma“nova história” na politica local, o povo reprova o retorno do grupo do ex. gestor Antônio Gildan Medeiros,  que comandou o município por oito anos e politicos ligado ao Atual gestor Antônio Marcos de Oliveira, o “PRIMO”, o qual não pode ser candidato na proxima eleição. No dia 31 de dezembro deste, o mesmo completa oito anos no poder e nada fez além de perseguir aqueles que não comungam com suas idéias.

Primo conseguiu a proeza que poucos governantes conseguiria, mergulhar o tão promissor município de Buricupu em um verdadeiro “mar de atrasos”,fazendo com que muitos fossem embora, a grande maioria partindo rumo ao desconhecido.  

Em pré-campanha - De posse dessas informações, Dr. André Vasconcelos deu inicio a uma maratona de visitas a lideranças da sede e zona rural do município, no sentido de viabilizar sua pré-candidatura, que segundo ele já é fato. 

Durante uma conversa que durou cerca de 45min, André disse a este Blogueiro que por onde tem passado, tem recebido apoio. “precisamos ver em cada cidadão Buriticupuense um membro de nossa família, que precisa de respeito e acima de tudo de muito cuidado. Sonho em ver essa grande família, o povo de Buriticupu, que me acolheu com muito carinho, livre desse governo degradante, carrasco e opressor, estou otimista e convicto de que represento a verdadeira mudança, a esperança, o NOVO”. Disse Dr. André. 

Segundo o pré-candidato, a situação em que se encontra o município de Buriticupu é degradante e de causar revolta em qualquer um, pois segundo ele falta tudo: saúde, educação, saneamento básico, estradas e até prefeito.

 

 Postado por  Por Antônio Marcos